AMAI A TI MESMO VERDADEIRAMENTE

“Não tenha medo e venha comigo ficar, o meu amor por você é eterno e nunca morrerá, o meu coração bate tão forte que este amor só aumentará cada vez mais… Basta eu te olhar no espelho e sei que é capaz de tudo transformar. Acredite e Viva intensamente porque Eu me Amo Verdadeiramente.” (Mônica Molina)

Falar em Amor Próprio parece ser tão fácil, não é mesmo?

É mas não é não! Ter a autoestima e a autoconfiança, é um caminho que deve ser percorrido todos os dias. Sempre ouço “cuido de tantas pessoas, e me deixo de lado, não tenho tempo de cuidar de mim mesmo”; “amo tanto fulano(a) mais do que a mim mesmo”; “amo meus filhos mais do que a mim mesma”. Éééé, eu também já disse isso tantas e tantas vezes, e eu estava errada? Não!

O que acontece que crescemos numa sociedade, onde precisamos ser o que os olhos das outras pessoas queira de você, então crescemos acreditando que o amor está sempre no outro, e passamos a viver em função das pessoas, mas e nós como ficamos? Ficamos esquecidos, e quando questionamos a outra pessoa se ela nos ama, colocando ela na parede nem sempre temos a melhor resposta.

Já fui casada por 17 anos, e depois do divórcio tive um namoro que durou 04 anos e quando eu estava quase no rompimento dos dois relacionamentos eu os perguntava “Você me Ama?” Muitas vezes o silêncio é o que ficava, ou diziam palavras que eu não gostaria de ter ouvido, como “você foi indiferente para mim todos esses anos”, ou “gosto muito de você, você me faz bem, mas nunca te amei.” É o que escutei nos dois relacionamentos, foi quando depois de muito sofrimento entendi onde eu precisava mudar, claro eu sempre era a que vivia em função e somente amando as outras pessoas, filhos, marido, namorado, amigos etc e etc… Mas e eu? Pois é o eu ficava de lado, esquecida, estava sempre infeliz, até que primeiro tive que entender e depois aprender a me transformar, a me amar, as pessoas irão me amar de que jeito, se eu mesma não me amava verdadeiramente. Sempre digo dou a minha vida pelos meus três filhos, mas o meu amor próprio jamais ele é meu demais ninguém.

Então, o primeiro passo foi dado, que era o despertar e já digo é uma jornada de uma vida inteira, o caminho do amor próprio é todos os dias, dando meio passinho de cada vez, é uma manutenção como se alimentar e se banhar. Não merecemos viver infelizes, pois viver infeliz é morrer aos poucos todos os dias.

E eu passei a me reprogramar, e que vocês também possam dizer a si mesmos todos os dias olhando para o espelho “EU TE AMO” reprograme aquela crença que foi imposta desde criança, que amar a si mesmo é egoísmo e vaidade, que deve sempre viver em função dos outros e ser o que os outros desejam de você.

Existem muitas ferramentas que podem estar te ajudando, desde livros e filmes de autoajuda, psicólogos, grupos de apoios online e presencial, bons canais no youtube, terapias holísticas e a fé… O importante é você dar o primeiro passo em querer se transformar.

Você se AMANDO VERDADEIRAMENTE, transbordará de amor para as pessoas em sua volta, quando estamos bem com nós mesmos, conseguimos ter força e sabedoria suficientes para lidar com diferentes situações e encontrar sempre a melhor solução… E posso dizer se alguém não te valorizar, sairá da sua vida e ninguém mais irá te machucar.

 

ORGULHE de si, a pessoa incrível que você é!

 

Mônica Molina

Terapeuta Holístico

Canal Youtube Espaço Espelho de Oxum

E-mail: espaç[email protected]

Compartilhe este post.

Anteriores

Os Erros

Próximo

COMO AS TERAPIAS HOLÍSTICAS PODE AJUDAR EM NOSSA VIDA?

  1. Robson santos

    Excelente e oportuno artigo na atual sociedade em que vivemos. O ato de se auto valorizar e se auto afirmar, sim faz toda diferença. Belo artigo.

  2. admin

    Belo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial